Polícia Federal confirma 5 mil vagas. 2º e 3º graus

PF

Folha Dirigida
Polícia Federal confirma 5 mil vagas. 2º e 3º graus – 27/12/2007
Quem pretende ingressar nos quadros da Polícia Federal, seja como policial ou, ainda, como servidor administrativo, já pode iniciar os estudos. Isto porque, ao divulgar um balanço das atividades de 2007, o Ministério da Justiça confirmou na última quarta-feira, dia 26, a realização de dois concursos para o órgão, com o objetivo de preencher um total de 5 mil vagas.


Das oportunidades, 3 mil serão para servidores da área administrativa e 2 mil para cargos da área policial. A expectativa, de acordo com a Assessoria de Imprensa da PF, é de que ambos os concursos sejam divulgados a partir de janeiro de 2009.
Atualmente, os vencimentos iniciais dos policiais federais são de R$6.594,30 (agente, escrivão e papiloscopista) e R$11.614,10 (delegado e perito criminal). Na área administrativa, as remunerações variam de R$1.989,07 a R$2.308,27, de acordo com o cargo.
Segundo a Polícia Federal, a última turma de aprovados do concurso anterior para policiais, ocorrido em 2004, concluirá em julho de 2008 o Curso de Formação. Com isso, a partir de janeiro do ano seguinte o órgão poderá realizar novo concurso para a área, uma vez que, por força de lei, é necessário haver um intervalo de seis meses entre as seleções, período esse em que se estabelecerá a distribuição das vagas pelas unidades da Federação e, ainda, quais os cargos que serão contemplados com oportunidades. Quanto aos administrativos, muito embora não haja a necessidade de cursos de formação ou, mesmo, exigências legais que não impeçam a realização imediata de seleções, a PF trabalha, no momento, no sentido de estabelecer um novo Plano Especial de Cargos (PEC) para os servidores. A expectativa é de que os preparativos do novo PEC se encerrem também a partir de janeiro de 2009, quando se realizaria o concurso nos novos moldes.

O presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), Marcos Vinício Wink, afirma que é necessário rapidez na conclusão dos trabalhos referentes à nova PEC. Na visão do dirigente, o concurso para administrativos deve ser feito da forma mais urgente possível, pois somente com os novos servidores em atividade haverá condições de determinar a real carência de policiais.
“Há uma quantidade enorme de policiais no exercício de atividades administrativas, por isso o concurso para a área tem essa importância toda. É necessário retirar esses policiais das tarefas burocráticas e devolvê-los às atividades-fim, para as quais foram devidamente capacitados. Somente nesse instante será plenamente possível determinar a necessidade de policiais”, afirmou.

O dirigente faz, porém, uma ressalva: há um excesso de delegados nos quadros da PF em todo o país. “Só para se ter uma idéia, a Polícia Civil do Distrito Federal conta com 300 delegados para um universo de 9 mil agentes. A Polícia Federal, atualmente, tem o mesmo número de agentes, porém conta com 3 mil delegados. É necessário reforçar a base da pirâmide, que na verdade está mais para um retângulo levando-se em conta a grande quantidade de pessoas no topo”, disse.

Comment posted by
at 1/16/2008 4:00:09 PM

tenho 18 anos queri ingressar na polici federal mas não sei como fazer isso queria uma ajuda!!!

Comment posted by
at 1/17/2008 2:36:29 PM

Que tal começarmos pelo começo? Quais são suas dúvidas? Terei o maior prazer em ajudá-lo.

Walter Cunha

»crosslinked«

Walter Cunha

O professor Walter Cunha é pós-graduado em Gerência de Projetos pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e Engenheiro Eletrônico pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica ( ITA).

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. Pamplona disse:

    Olá.
    Para trabalhar no setor de TI na Polícia Federal, há um concurso específico ou é o concurso geral que ocorre eventualmente?
    Grato pela Atenção,
    Pamplona

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *