Senado define organizadora do concurso

A organizadora dos concursos para o Senado Federal será a Fundação Getúlio Vargas. A informação foi dada pelo presidente da comissão do concurso, José Gazineo, após a assinatura da dispensa de licitação, na última terça-feira, dia 5. O também diretor-geral adjunto da Casa ainda antecipou os valores das taxas de inscrição: R$60 para os cargos de nível médio e R$80 para os de nível superior.

Os concursos (serão quatro editais, separados por áreas) servirão para o preenchimento de 150 vagas, sendo 60 em cargos de nível médio, com vencimentos de R$6.722,68, e 90 para nível superior, com vencimentos variando de R$9.580,50 a R$11.815,94. Será possível se candidatar a vagas nas áreas de processo legislativo, apoio técnico-administrativo, comunicação social, polícia legislativa, informática legislativa, advocacia e consultoria e assessoramento.

Após a assinatura de contrato com a organizadora, a mesma terá um prazo de cerca de trinta dias para elaborar os editais, que serão analisados pela comissão do concurso antes da publicação, o que segundo Gazineo, deve acontecer na segunda quinzena de setembro.

As provas estão previstas para serem realizadas a partir de novembro, nas cidades do Rio de Janeiro, Brasília, São Paulo, Belo Horizonte, Porto Alegre, Recife e Belém. Cada edital deve prever datas de provas diferentes, possibilitando a inscrição para mais de um cargo.

»crosslinked«

Walter Cunha

O professor Walter Cunha é pós-graduado em Gerência de Projetos pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e Engenheiro Eletrônico pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica ( ITA).

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *