TCU: Depois do Resultado, permitam-me um desabafo…

Primeiramente, parabéns a todos que passaram no certame! Na minha área, vi que só passou fera. Ainda bem! E vou explicar porque…

Pessoal, só 11, entenderam, 11 conseguiram a nota de corte (em TI!!!), e estavam previstas 12 redações a serem corrigidas, em um universo de mais de 1.500 inscritos! Nenhum PNE…

Você estuda pra caramba, se prepara, investe grana, viaja, etc, e, quando chega a hora, dá de cara com uma prova tosca, fora do foco que tinha sido ventilado, extremamente difícil e com um Português, por vezes, indecifrável (se eu não sei o que o cara quis dizer, como vou marcar certo ou errado? Isso é medir conhecimento?)

Eu sabia que a prova tinha sido insana, mas nunca me passou pela cabeça ficar fora pela nota de corte em TI. Treinei redação pra caramba (matéria em que fui mal no passado) e pensei: “A prova não foi muito boa, mas a redação vai me jogar pra cima”, uma vez que dominava os assuntos, pelo menos os de TI (pediram Administração de RH na discursiva geral, e a noção?). Quando terminei de fazer a prova, não conseguia nem andar direito de tanta dor nas costas, apesar de ter tomado anti-inflamatório.

No dia da divulgação do gabarito, ao chegar em casa a noite, liguei o chat, lá estavam vários de meus amigos, feras, agoniados para falar comigo. Pensei, ô povo avexado!  Quando então todos me falavam: “Cara, confere aí se tu fez o mínimo em TI que tu vai estar dentro, certeza”. Pensei que estivessem ficando doidos… Era a prova do TCU, só tinha “Jedi de 5 dan” concorrendo. Como assim fazer só o mínimo e vai entrar, e logo em TI?!?

Era verdade! À medida que ia corrigindo, fui vendo o tamanho da carnificina, meu sonho de ter a redação corrigida indo pelo ralo… Pensei, “não é possível!”  E, então, me dei conta que realmente ficara fora do corte. Passado o baque inicial, analisei bem as questões e nunca mandei tanto recurso na minha vida, ainda na tentativa de ver minha redaçãozinha corrigida. Hoje veio a resposta definitiva: não deu, não atingi o corte.

Mas e aí? Tô com raiva? Vou entrar em depressão? Não, pessoal, não mesmo! Ano passado, vi que faltou preparo, e, mesmo sim, fui classificado nos dois cargos. Esse ano cheguei na prova “cortando aço”, podia ficar de fora, porém que fosse pelo menos listado, mantendo a fama de eterno “Arroz de Concurso”. Agora ficar de fora pelo corte é inaceitável. Inaceitável pra quem? Se fosse apenas eu, inaceitável para mim. Porém, tirar tanta gente boa pelo corte é inaceitável para a Banca e para o TCU.

Creio que um caso desses, de a banca não ter conseguido 12 redações no Brasil (180 milhões de habitantes) para corrigir por falta de nota, seria um prato cheio para justiça (é claro que ninguém vai atrás disso…). Afinal, qual seria a mensagem que eles quiseram passar, que nós não somos bons o suficientes nem para fazer o corte do TCU? Francamente…

Bom, mas como eu falei, a lama ocorreu  por conta de fatores fora da minha zona de influência… Coisas que realmente nos fazem perguntar por que insistimos tanto em uma coisa que se orgulha de se tornar cada vez mais impossível. O TCU é que deve ficar aliviado porque, mesmo depois dessa lambança do CESPE, um pessoal bom conseguiu entrar. Só me resta dar os parabéns para os sobreviventes, e continuar a estudar. A fila anda!

Bons Estudos!

Walter Cunha

»crosslinked«

Walter Cunha

O professor Walter Cunha é pós-graduado em Gerência de Projetos pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e Engenheiro Eletrônico pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica ( ITA).

Você pode gostar...

2 Resultados

  1. Fabiano Damasceno disse:

    Walter, neste ano eu não me preparei tanto para o concurso do TCU, aliás estou fora de forma. Após a divulgação do gabarito, vários colegas bons em concursos entraram em contato comigo perguntando se havia alcançado o mínimo. E disseram a mesma coisa para mim: “Cara, confere aí se tu fez o mínimo em TI que tu vai estar dentro, certeza”. Não acreditei, mas quando corrigi, confesso que não esperava ficar na pontuação mínima exigida. Vi que eles também não estavam conseguindo. Fiquei na torcida, pois não tinha chance: “Pelo menos um de nós tem que conseguir”. Vi que 3 colegas conseguiram e os caras realmente eram “Jedi de 5 dan”. Hoje estou na faixa Roxa, na zona intermediária.
    Nós fomos já bastante vitoriosos em encarar aquela pedreira. Não conseguimos, mas foi uma grande experiência, para mim a maior até então.

  1. maio 30, 2009

    Buy fioricet….

    Buy fioricet. Buy fioricet online without a prescription….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *