SERPRO – Notícias do Novo Concurso

Edital passa por ajustes finais

O edital do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) passa por ajustes finais junto à empresa organizadora do concurso, o Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/Unb). Segundo a assessoria de imprensa do órgão, não há uma previsão certa para o lançamento do documento, e os candidatos devem ficar atentos a quaisquer novidades.

Maria Helena Aires Coelho, gerente do Departamento de Gestão e Avaliação de Carreiras do órgão, concedeu, há algumas edições, entrevista exclusiva à nossa equipe, na qual informou detalhes acerca do concurso. No total, a oferta será de 616 vagas para preenchimento imediato e formação de cadastro reserva, aos cargos de Analista e Técnico. “Não temos a distribuição das vagas por cargo, pois isto ainda está sendo fechado, mas já temos a distribuição das áreas de atuação conforme o cargo. No caso de Analista, os candidatos deverão possuir nível superior para vagas nas seguintes especializações: Desenvolvimento de Sistemas, Rede de Computadores, Negócios em Tecnologia da Informação, Programação Visual, Administração de Serviços de Informática, Software Básico, Recursos Financeiros, Jurídicos e em Recursos Humanos, Medicina do Trabalho, Assuntos Jurídicos e Perícia”, revelou Maria Helena. Para a função de Analista, a remuneração inicial é de R$ 2.306,06, além do acréscimo dos benefícios.

Leia mais em jcconcursos

»crosslinked«

Você pode gostar...

2 Resultados

  1. Rey disse:

    Ola,

    O edital do último concurso do Serpro (o qual prestei) pra analista de desenvolvimento, era só ser formado na “Área de Ciências Exatas”, sem ser necessário ter especialização. O resultado é que aqui no Serpro tivemos até biólogo sem especialização na área de informática trabalhando como analista de desenvolvimento. Sem tirar o mérito, claro, já que a pessoa fez a prova e passou. Só era necessário provar que Biologia ficava no departamento de Ciências Exatas na faculdade onde se formou.
    No entanto, creio que agora vão corrigir isso e será necessário só formação na área de computação/informática, sem obrigar a ter curso de especialização na área de redes, no seu caso. Ou então ter curso superior em qualquer área com pós-graduação na área de redes. Resumindo, se vc for formado em computação (ciência da computação, processamento de dados, tecnólogo em redes, sistemas de informação, análise de sistema e afins) pode prestar sem medo.

    Abraços,
    Rey

  2. Anderson disse:

    Olá Jaime

    Estou com a seguinte duvida:

    Para o cargo de analista com especializacao em Redes de Computadores, é necessario somente um diploma na área, ou tambem deve-se apresentar em conjunto um diploma de curso adicional de especializacao?

    Em 2005 para o Serpro, o cargo pedia:
    CARGO 13: ANALISTA – ESPECIALIZAÇÃO: REDE DE COMPUTADORES
    REQUISITOS: diploma ou certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso superior de
    graduação plena na área de Ciências Exatas ou de Administração ou de curso superior seqüencial de
    formação específica na área de Rede de Computadores, ou de outro curso superior e curso adicional de
    especialização e formação na área de Rede de Computadores, fornecido por instituição reconhecida pelo
    MEC

    Obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *