Cargos: AFRFB TI

Nome: Rafael Montenegro de Miranda e Menescal

Órgão/Cargo: RFB / Auditor-Fiscal – TI

Ano de Aprovação: 2006

Lotação: Superintendência Regional da 3a Região Fiscal / Fortaleza – CE

Formação: Ciência da Computação – Universidade Federal do Ceará

Breve histórico de concurseiro:

Depois de tentar alguns concursos como Petrobrás, Polícia Federal e CGU,
fui aprovado em 2004 no concurso para Analista de Desenvolvimento do Serpro. Mais tarde no mesmo ano, fui aprovado para Técnico e Analista de Informática do MPU, e então assumi o cargo de Analista. Enquanto estava no MPU, tentei TCU, STN, Bacen e Receita Federal. No primeiro não obtive sucesso e no segundo passei para o cargo de Analista de Finanças e Controle, mas desisti durante o curso de formação por motivos pessoais. Fui aprovado para Analista no Bacen e para Auditor-Fiscal na Receita. Por questões salariais e de lotação, escolhi a Receita.

Atividade Diária: Minha área é desenvolvimento, mas a maioria dos sistemas corporativos da RFB são desenvolvidos pelo Serpro. Como eu trabalho em uma Superintendência, a principal atividade é o desenvolvimento e suporte de alguns sistemas utilizados apenas na Região (CE, MA e PI). Esporadicamente aparecem algumas atividades externas na área de repressão, inclusive em missões conjuntas com a Polícia Federal.

Áreas de Atuação: Desenvolvimento. Existem muitas atividades na área de infra-estrutura, mas eu não estou envolvido com elas.

Principais Projetos em Andamento: Estão implantados uma Intranet Regional e um sistema de controle processual, que exigem constante manutenção. E está sendo implantado em todo o órgão um novo sistema de controle processual, que trata inclusive (e principalmente) de processos eletrônicos.

Possibilidade Viagens:
Na área de TI como um todo, a maioria das viagens têm como destino Brasília, onde são realizados cursos, reuniões e workshops. Para quem está mais envolvido com o desenvolvimento de softwares, também há viagens para o Rio de Janeiro, pois lá existe uma divisão nacional específica para este fim. E às vezes surgem algumas viagens, geralmente para a homologação de sistemas, para outras capitais como Curitiba, Belo Horizonte etc. Para quem quiser, há também a possibilidade de se viajar a Foz do Iguaçu, neste caso para realizar atividades estritamente de repressão, na fronteira.

Atualização: Em geral acontecem treinamentos internos. Existem alguns treinamentos externos, mas eu nunca participei, acredito que por opção minha, pois é difícil se conseguir treinamento de qualidade na área de desenvolvimento.

Dicas para Aprovação:
Sempre achei que a melhor estratégia é seguir tentando vários concursos, sempre tentando cargos melhores. Se der certo, ótimo… se não, à medida que você vai fazendo mais e mais provas, você vai entrando no ritmo. Cada vez você se sente mais seguro, pois conhece o estilo das provas e vai assimilando o conteúdo estudado. Eu, por exemplo, como vinha em um bom ritmo de concursos, praticamente não estudei Dir. Administrativo e Dir. Constitucional quando estava me preparando para o concurso da RFB. Foquei nas matérias que nunca havia estudado. Pra quem quer especificamente a RFB, sugiro que seja dado uma ênfase maior nas matérias mais características do concurso, como Dir. Previdenciário e Dir. Tributário, pois são assuntos que não constumam ser cobrados em outros concursos.

Mensagem de Incentivo aos candidatos: Além de um salário excelente para os níveis brasileiros e um bom ambiente de trabalho, uma das principais vantagens na RFB é a disponibilidade de vários e vários tipos de atividades. E apesar de existirem diferentes áreas nos concursos (TI, Tributária e Aduaneira), dentro da RFB não existe essa divisão tão rígida. Portanto, se você não está satisfeito na seção onde estiver lotado, pode pleitear transferência para uma outra, cujas atividades você entenda que se encaixam melhor no seu perfil.

»crosslinked«

Walter Cunha

O professor Walter Cunha é pós-graduado em Gerência de Projetos pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e Engenheiro Eletrônico pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica ( ITA).

Você pode gostar...

5 Resultados

  1. Ravel disse:

    Caro Rubens e Valter,

    existe alguma previsão de novo concurso para a área de TI da RFB?

  2. rubens disse:

    Prezado amigo, bom dia!

    Eu li o seu depoimento quando era concurseiro e a minha historia está começando agora, estou me preparando para ICMS/SP e pretendo prestar para TI na RFB, só que estou tendo uma dificuldade enorme em encontrar bibliografias relacionadas na área de TI, você poderia me dar uma luz em relação a estes materiais?
    Ficarei muito agradecido por qualquer informação que puder me disponibilizar.

    Muito obrigado que DEUS o abençoe

    Rubens

  3. Felipe disse:

    Saudações companheiro…

    Muito interessante o seu ‘post’. É realmente interessante ouvir relatos de quem já passou…

    Também sou funcionário público mas tenho interesse de prestar concurso para AFRFB.
    Se não fosse pedir demais, poderias me passar seu email para que eu pudéssemos conversar?
    Evidentemente não irei lhe importunar pedindo para que me envie materiais ou coisas do gênero… 😉

    Grato.

    Abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *