Cargos: Analista Bacen

Órgão/Cargo: Banco Central  / Analista
Ano de Aprovação: 2006
Lotação: Mudei do DEINF para DEPIN – DF
Breve histórico de concurseiro: Sempre fiz prova, desde a quinta série, fiz o ginásio no Pedro II, nível médio no CEFET, superior na UERJ.
Trabalhei na Embratel e na Dataprev, passei para CGU e até hoje tenho processo na justiça; e tb passei para o Serpro e para o BC.
Atividade Diária: quando era do deinf, chegava,
lia os emails, abria o sistema das os, via o que tinha pra fazer, geralmente era pra aplicar mudanças no Banco de Dados conforme as alterações do modelo. Mas também tinha plantão de fim de semana,madrugada, onde rolava desde falha de backup até a máquina caiu ou o banco corrompeu ou faltou espaço em disco. Fazia 7 horas corridas, e os plantões valiam folgas que a gente podia usar conforme precisasse.
Áreas de Atuação: basicamente infraestrutura de TI
Principais Projetos em Andamento: a infra é carente da visão de “projeto”, a gente lá tem é tarefa
Possibilidade Viagens: esporádico, mas tem gente que foi fazer curso nos EUA
Atualização: esporádico, a política tem muito a melhorar
Dicas para Aprovação: a prova de 2006 foi muito boa pra quem era de redes e S.O; as outras matérias nem foram tão importantes
Bibliografia Utilizada: fiz cursinho na Academia do Concurso, eles arranjaram professor de informática pra gente reciclar uml, java etc e tal
Próximos Concursos: “por enquanto pendurei a caneta”>
Mensagem de Incentivo aos candidatos: Acho que esse ano não vai rolar analista e técnico, mas é mais tempo que vc tem de estudar e treinar com outros concursos. o BC é uma instituição sólida, enorme, cheio de necessidades a serem atendidas dentro de cada departamento. O povo de TI geralmente cai no DEINF, mas sair de lá não é impossível se for o caso. Tá pagando bem, tem aumentos já definidos em lei pra 2009 e 2010, então eu não estou afim de sair de lá.

»crosslinked«

Walter Cunha

O professor Walter Cunha é pós-graduado em Gerência de Projetos pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e Engenheiro Eletrônico pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica ( ITA).

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *