Saúde: Minhas Costas e o Pilates

Caros Colegas,

Muitos sabem que eu, a exemplo de muitos concurseiros, principalmente os de TI, queixo-me freqüentemente de dores nas costas.  Por conta disso, muitos me perguntam o que faço para melhorar e resolvi vou dar um dica aqui.

Logo quando eu voltei a Fortaleza, em 2006, tive problemas seríssimos de dor nas costas por conta de má postura, de horas estudando na mesma posição, de horas na frente do computador, etc (não, galera do Ceará, não foi o negão…). Entenda-se seríssimos chegar carregado pela minha sogra na emergência ortopédica, as velhinhas deixarem eu passar na frente por dó, e o médico ter que cortar minha camisa com uma tesoura porque eu não conseguia tirá-la sozinho, tudo por conta de uma  inflamação nos tendões.  Guardadas as devidas proporções, soa familiar para alguém? 🙂

Tentei de tudo: a malhação normal só fez piorar, remédios são apenas paliativos, bem como a ergonomia dos móveis, a qual é essencial, mas precisa ser complementada. Alguns médicos também oferecem um “tratamento”, mas você vai fazer tratamento o resto da vida?

Foi quando, de tanto pesquisar sobre o assunto, descobri o pilates.  Este é uma forma de musculação sem impacto
, o qual era recomendada aos acidentados na Segunda Guerra. Veja a história do Pilates.

Hoje,  praticar pilates mensalmente virou questão de sobreviência. Duas semanas sem os exercícios, e eu já fico todo empenado, a ponto de recorrer aos analgésicos, o que eu abomino. Lembrando que, 50% dos problemas nas costas são caudados por má postura, os outros 50% por estresse. Não precisa ser um gênio para deduzir que os concurseiros de TI estão ferrados por definição.  🙂

Segue algumas obervações sobre o pilates:

  • É caro, custa normalmente o dobro de uma academia tradicional ou mais.  Porém, na minha opinião, vale muito a pena. É o dinheiro que você economiza na farmácia;
  • Se você liga em ser sacaneado, não vá (e aqui no Ceará…). Já disseram que eu faço balé, que eu uso colant, que meu professor é o negão -> infinito.
  • Não é um culto, não precisa cantar, nem se abraçar;
  • Você não precisa usar colant (é sobre o que mais me sacaneiam), a não ser que você faça questão;
  • Quem sacaneia em um primeiro momento, e tem um crise de dor, nos bastidores, pergunta como é; 🙂
  • Não é só alongamento, você faz muita carga, só que com molas em vez de pesos, o que dimunui o impacto dos exercícios. Suas costas vão agradecer;
  • Você pode ficar bem definido se tiver empenho, mas também não vai ficar bombado;
  • Os aparelhos ajudam a tornar o esforço exclusivo em determinado músculo. Ou seja, mesmo machucado, você pode continuar praticando;
  • A musiquinha costuma ser zen, e o ambiente tranqüilo. Nada do Tun-tz-tum nas alturas da academia. Isso serve para aliviar o estresse;
  • É meio de vagar, mas todo marombeiro fino sabe que é assim que ter que ser. Só os “maguin” que fazem exercícios com pressa;
  • Procure um estúdio exclusivo, fuja das academias. Os ambientes são imcompatíveis;
  • Procure um profissional de saúde qualificado.

Espero que aproveitem e, se aderirem,  preparem-se para ser sacaneados. Mas o importante é tartar a dor para conseguir estudar direito, pos, TI. 🙂

Bons Exercícios,

WC

»crosslinked«

Walter Cunha

O professor Walter Cunha é pós-graduado em Gerência de Projetos pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e Engenheiro Eletrônico pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica ( ITA).

Você pode gostar...

4 Resultados

  1. Geraldo Durães disse:

    Eu faço Spinning. 
    Ai sim desestressa!  Depois de varias horas de T.I na cabeça! 45 minutos de TuntzTuntz nas alturas + segmentos do sexo oposto + professora puxando o treinamento exigindo seu máximo! 
    É muito bom, mas tem que ter um bom preparo.
    Abç 

  2. Larissa disse:

    Balé, é… Kkkkkkkkkkkkk.. Vc é ótimo!!!
    Parabéns pelo tema, é ótimo e bem informativo. Vc é o exemplo de um excelente aluno de Pilates: dedicado, frequentador das aulas, faz todos os exercícios perfeitamente bem e etc. Continue assim ;-)))
    Abraço!

  3. cafarnaum disse:

    Sim. Por causa do maior tempo gasto na frente do micro. 🙂

  4. Ricardo Oliveira disse:

    Muito obrigado, acho que não vou me adaptar ao colant….
    rsrsrsrs
    Você disse duas vezes “principalmente os de TI,” …. Vc acha que a vida do concurseiro de TI é mais díficil dos os “normais”?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *