Trajetória: Walter Cunha – Parte I: Crepúsculo

Walter Cunha

O professor Walter Cunha é pós-graduado em Gerência de Projetos pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e Engenheiro Eletrônico pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica ( ITA).

Você pode gostar...

8 Resultados

  1. ivaneide disse:

    Muito boa  WC.
    São estas histórias que nos mostram que o início não define a jornada ou sua conclusão.

  2. Krisnamourt disse:

    Walter, já li a parte I e II. Estou ansioso para ver o resto!

    Muita coisa até os vestibulares está muito parecido comigo!
    Ralei para entrar na ETFC e foi pelo Pró-Técnico. Entrei em Telecomunicações. Fiz cultura também e assíduo praticante dos Jetec’s, Teatro, Parafolclórico, Festivais, etc.
    Na época dos vestibulares, “embioquei” na UFC, IME e UECE. Por ironia do destino só deu UECE , me alistei no NPOR do Exército e engravidei a namorada … Putz!!!! Mudou tudo!
    Papai mais cedo, tive que encarar ser Tenente R2 no Décimo GAC (Viva a Artilharia!). Foram 6 anos brincando de Exército e botando os “tabacudos” para beber sangue de Cabra!  Hehehehe!!!!
    Quando sai do Exército, tive que tirar o diploma de Técnico de Telecomunicações da gaveta e recomecei no mundo das Tecnologias, onde estou até hoje!!!!
    Cara, parabens pela narrativa! Fiquei tão emocionado e contente por suas linhas que estou imprimindo a “Saga Crepúsculo” para inspirar meu filhos (…  são 4…Afinal sou Cearense…e boto pra lascar!)
    Abraços.
    Krisnamourt

  3. Julio disse:

    Fala Walter, Adoro ler essa seção trajetória do blog, pois são histórias como a sua e a de outros colegas que nos dão forças para nunca desistir do que realmente queremos.
    Estou ansioso para ler a parte II.
    Abraço.

  4. Carlos Markennedy disse:

    Olá Walter,
    Legal a sua história. Grandes histórias foram “escritas” por pessoas que começaram pequenas, muito pequenas… bom é saber que é possível a TODOS mudarem o rumo de suas vidas e  a dos que os cercam. Sei que é mais difícil para àqueles que dispõem ou dispuseram sempre de poucos recursos, mas estes quando decidem conquistar algo, ninguém os tira o prazer e o mérito de conseguir…
    Também tenho uma história PASSADA difícil. Hoje as coisas estão bem melhores, mas aspiro alguns degrais mais acima, e sei que é questão de tempo para alcançar.
    Atualmente sou funcionário Federal de uma Universidade.
    Parabens por tudo, e obrigado por esse espaço.
     

  5. aline disse:

    inspiradora sua história! o que vale é a perseverança: desistir nunca, render-se jamais!

  6. Marcos disse:

    Fala Walter! Você realmente têm um história de luta muito bacana. Não tive metade dos seus obstáculos, porém venho começando a luta para passar em um concurso público da área de T.I aos 29 anos. Ganho muito bem trabalhando na área de T.I como PJ em várias empresas (com meu CNPJ), no entanto estou buscando mais qualidade de vida, um bom salário e estabilidade… Estou começando a reunir o material de estudo e se puder me envie um e-mail com algumas dicas… abç

  7. Alayr Sobrinho disse:

    Mas rapaz! Num é que comigo acontceeu igualzinho! Um tio com quem eu morava (morei muito tempo na casa de parentes) se deu ao trabalho de ter uma conversa “séria” comigo. Disse pra mim que o ITA era coisa de rico, que eu era pobre e que era melhor eu esquecer disso. hehehhee
    Infelizmeente eu num tinha a cabeça chata de cearense e acreditei. 🙂
    Paciência!

  8. Cristina disse:

    Ai tô doida pra ler o resto!!!
    Parabéns pela sua simplicidade, por acreditar em você, pela sua garra, por ser um excelente moderador da lista e principalmente por ser cearense!!! 😀

    Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *