Auditor Federal de Controle Externo do TCU – Informações aqui!

fonte: http://www.euvoupassar.com.br/visao/artigos/completa.php?id=4080

Pessoal,

Na última semana foi publicado o edital para o cargo de Auditor Federal de Controle Externo do TCU e muitas pessoas me escreveram pedindo informações a respeito do Tribunal e do cargo. Daí, resolvi consolidar todas as informações neste post!

Em primeiro lugar, a informação mais pedida. O salário é esse mesmo do edital? A resposta é
um sonoro NÃO. Ninguém no TCU ganha esse salário. Na verdade, a remuneração de um Auditor do TCU é composta de Vencimento Padrão + Gratificação de Controle Externo + Gratificação de Desempenho. Na verdade, eu também não sei calcular meu próprio salário, devido à grande complexidade envolvida para chegar ao valor. São tantas bases de cálculos, porcentagens, que eu prefiro deixar isso para o setor de  pagamentos do TCU. Mas o fato é que a Gratificação de Desempenho é variável: pode ir de 48% a 80% do vencimento padrão. Só que, na prática, ninguém recebe menos do que 75% (eu não conheço, vai que existe alguém e vem aqui me desmentir). Mas podemos dizer que na prática, você pode considerar sim, uma gratificação próxima do máximo de 80%. Além disso, o TCU paga auxílio-alimentação de R$ 696 e restitui praticamente 80% do seu plano de saúde. Sem considerar a questão do plano de saúde, o salário inicial do TCU é de aproximadamente (sim, o valor exato, como eu disse, é impossível calcular hahaha) R$ 14.500. O valor apresentado no edital não inclui o valor do auxílio alimentação e a gratificação está calculada no mínimo, de 48%.

Como é trabalhar no TCU?

Essa é uma pergunta freqüente e, também, muito ampla. Na verdade, como o TCU trabalha fiscalizando a Administração Pública, acredito ser muito difícil você não fazer o que gosta no Tribunal. Você pode fiscalizar construção de rodovias, barragens, pontes, sistemas de abastecimento de água, se for engenheiro ou se tiver um viés voltado para as ciências exatas. Pode trabalhar fiscalizando refinarias, plataformas de petróleo da Petrobras, se gostar de andar de helicóptero (hahah) e quiser morar no Rio. Você pode fiscalizar a política econômica do Governo, a atuação da Receita Federal na recuperação de impostos federais, o Banco Central, a política da merenda escolar, a desapropriação de imóveis para a reforma agrária, as transferências para a saúde indígena, a venda de imóveis da União, a relação entre União, Estados e Municípios, a aplicação da LRF, afff! Sei lá! É um mundo aquilo lá que eu nem sei dizer, mas há duas coisas boas no TCU: salvo azar muito grande, você geralmente é lotado onde quer, se não de início, com o tempo. O TCU tem uma política bem legal e clara de tentar conciliar o interesse público com o do servidor. Outra coisa boa no TCU, também, salvo azar muito grande, é que não existem brigas e disputas internas visíveis (só as invisíveis hahha). Isso se traduz em um clima muito bom para trabalhar. Não há perseguições (visíveis), o trabalho é complexo, mas gratificante, há sempre a possibilidade de negociar o horário de trabalho com o chefe, desde que cumpridos alguns requisitos, enfim, existe uma infinidade de ações para beneficiar o servidor. Dificilmente alguém que trabalha corretamente, tem dificuldades com chefes, horários ou coisas do tipo. Recentemente, o TCU implantou, em caráter experimental, o trabalho em casa. Você recebe uma carga de trabalho maior do que receberia no Tribunal, mas não precisa ir até o local de trabalho diariamente. Precisa, apenas, estar disponível para qualquer eventualidade (ou seja, não pode sumir do mapa), enquanto faz o seu trabalho na tranquilidade do seu lar. Muito bom! Espero que vingue!

Há vagas para o nordeste? Para o Rio? Para São Paulo?

É bom que se diga de cara que esse concurso, publicado na semana passada, é para o cargo de Auditor – TI, área meio. Ou seja, você não poderá sair de Brasília. Mas para o cargo de Auditor – Controle Externo / Auditoria Governamental, a lotação é livre, em qualquer lugar do Brasil. Mas não há vagas e não há perspectiva de havê-las nos próximos longos anos para o Nordeste e para o Sul. Para São Paulo, com alguma sorte, você pode conseguir. E para o Rio, com a abertura de uma nova secretaria, parece-me que não está tão difícil conseguir uma vaga lá. Sobraram vagas nos últimos concursos internos. Espírito Santo está no rol dos impossíveis (junto com NE e S). Sobram vagas, onde, então? Na melhor capital do país, Cuiabá (rsrs), em Brasília e no Norte. Campo Grande e Goiânia também é possível, mas há raras vagas para estes locais.

E esse concurso de TI, para que será?

Até onde eu sei, esse concurso é para aqueles formados em TI ou com pós na área. Vai ser para ocupar a área meio. Existia uma expectativa de contratar auditores para trabalhar na área fim de TI, ou seja, fiscalizando os gastos governamentais com TI, mas essa proposta não vingou. Quem passar nesse concurso, irá trabalhar na área meio, ou seja, desenvolvendo e mantendo os sistemas de processamento de dados do TCU. Mas, regularmente o TCU promove concursos para Auditoria – Controle  Externo/ Auditoria Governamental. Fiquem atentos!

Abraços,

Fernando

[email protected]

»crosslinked«

Você pode gostar...

2 Resultados

  1. Caio Robaldo disse:

    Muito boia a matéria Fernando, parabens!
    Vc acha que sai algum concursos para TI no TCU em 2011 com esse anúncio da nossa querida Dilma no começo do ano ?
    abs

  2. Rafael Silva Ribeiro disse:

    Eu queria saber se o concurso para Auditor Federal de Controle Externo vai sair nesse ano de 2011? E tem alguma área nesse cargo para área jurídica, porque eu sou Bacharel em Direito e eu queria saber se tem muitos formados em Direito que atuam na área de Auditor Federal de Controle Externo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *