Eclipse Helios

Mauricio Antonio Ferste

Graduação em Bacharelado em Informática pela Universidade Federal do Paraná (1997) e mestrado em Engenharia Elétrica e Informática Industrial pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná (2006). Tem experiência na área de Ciência da Computação, com ênfase em Sistemas de Informação. Atualmente funcionário do SERPRO (www.serpro.gov.br), atua no desenvolvimento de sistemas. Professor atuante na FAMEC (http://www.famec.com.br), no curso de Bacharelado em Sistemas de Informação (Curriculum Lattes: http://lattes.cnpq.br/9368615800123473).

Você pode gostar...

2 Resultados

  1. David Feitosa disse:

    Ainda vai demorar MUITO pro Helios entrar em prova.

    Muito da área de TI do governo é fechado em versões antigas.

    Mais fácil cair Demoiselle na prova! Hehehe

     

    Mas bem que eu gostaria que rolasse algo novo. Eu baixei a versão nova. Acho um porre esse negócio de esperar por versão, embora eu entenda.

     

    Saindo Java 7 ai e o povo ainda pensa com as coisas do 4 na cabeça…

    • Mauricio Antonio Ferste disse:

      O que desejo com este post é chamar a atenção para o Helios como uma nova vertente do Eclipse, concordo que pode levar algum tempo para uma homologação para uma nova versão no governo, quanto tempo exatamente é difícil dizer.

      Entretanto, as diversas tecnologias que acompanham não podem ao meu ver ficar sem atenção e já são realidades para muitas provas, e se você tem chance de uma plataforma perfeitamente direcionada a estas tecnologias, por que não usar?

      Quanto ao framework Demoiselle, concordo, é uma grande possibilidade para um novo concurso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *