17 Assertivas Corretas da Cespe Sobre o PMBOK

Fonte: http://timasters.ning.com/profiles/blogs/17-assertivas-corretas-da

Peguei algumas afirmações recentes de PMBOK da Cespe, dadas como corretas, e fiz este “dossiê”. Este não é um artigo de questões comentadas, mas, sim, uma coleção de assertivas sobre o PMBOK dadas como corretas pela banca Cespe.

Separei as afirmativas seguindo a seguinte ordem: conceitos básicos, contexto e estruturas organizacionais, partes interessadas e ciclo de vida, grupos de processos, integração, escopo, tempo, qualidade e aquisições. Algumas áreas de conhecimentos não foram contempladas pelo material, simplesmente pelo fato de eu não ter encontrado questões recentes e corretas da banca sobre a área. Vamos então às assertivas.

1. Conceitos Básicos

IPEA 2008 – Processos de Negócio

51 A gerência por projetos trata muitos aspectos dos serviços continuados como projetos, objetivando aplicar também a eles, os conceitos de gerência de projetos.

Sebrae 2008 – Analista Técnico

1 Uma característica importante das entregas de um projeto é a singularidade, ou seja, apesar de haver projetos parecidos, com mesmos produtos, cada um será específico ao projeto a que se refere.

Antaq 2009 – Analista de Sistemas

61 As habilidades interpessoais são mais relevantes no gerenciamento de recursos humanos e de comunicação que no gerenciamento de custos e de tempo.

62 De acordo com o PMBOK, o entendimento do ambiente de um projeto pode requerer conhecimentos de natureza política, legal, social, física e(ou) ecológica.

2. Contexto e Estruturas Organizacionais

Antaq 2009 – Analista de Sistemas

64 Os porta-fólios agrupam programas e podem ser estrategicamente gerenciados pelo PMO; os projetos são agrupados em programas ou em porta-fólios e as metodologias podem ser identificadas e desenvolvidas pelo PMO.

3. Partes Interessadas e Ciclo de Vida

Min. das Comunicações 2008 – Analista de Sistemas

114 Os milestones ou marcos de referência constituem eventos com significado especial para um projeto. Eles usualmente definem mudanças de fase, quando se decide pela passagem para a fase seguinte, repetição da última fase ou interrupção do projeto.

4. Grupos de Processos

TCU 2009 – ACE Tecnologia da Informação

184 Quando da execução de um projeto conforme o modelo PMBOK, seu gestor pode utilizar processos oriundos de cinco grupos distintos, denominados: iniciação; planejamento; monitoramento e controle; execução; e encerramento. São exemplos de características de algumas ferramentas empregadas por processos presentes em cada um desses grupos, respectivamente: basear-se no uso de opinião especializada; desenvolver simulações embasadas na técnica de Monte Carlo; atualizar contas de controle; realizar sessões de lições aprendidas; e atualizar ativos de processos organizacionais.

5. Gerência de Integração

Serpro 2008 – Analista de Negócios

55 O gerenciamento de integração de projeto compreende: desenvolvimento do termo de abertura do projeto; desenvolvimento da declaração do escopo preliminar do projeto; desenvolvimento do plano de gerenciamento do projeto; orientação e gerenciamento da execução do projeto; monitoramento e controle do trabalho do projeto; controle integrado de mudanças; encerramento do projeto.

Detran-DF 2009 – Analista de Sistemas

83 O termo de abertura do projeto formaliza o projeto. Entre os métodos para auxiliar na priorização do projeto a realizar, encontram-se os métodos de medição de objetivos — abordagens comparativas, modelos de pontuação, contribuição de benefício ou modelos econômicos — e os modelos matemáticos que usam algoritmos de programação linear, não-linear, dinâmica, inteira ou multiobjetivo.

6. Gerência de Escopo

Antaq 2009 – Analista de Sistemas

71 Se uma estrutura analítica de projeto (EAP) é uma estrutura em forma de árvore, com nós que podem ser folhas (nós sem filho) ou pais (nós com filhos), então, em uma EAP, os pacotes de trabalho consistem em folhas que podem ter subprojetos ou entregas como pais, entre outros, e as entregas podem ter fases ou subprojetos como pais, entre outros.

7. Gerência de Tempo

Inmetro 2009 – Processos de Negócio

50 A definição das atividades do projeto é um processo da área de conhecimento denominada gerenciamento de tempo do projeto.

8. Gerência de Qualidade

Sebrae 2008 – Analista Técnico

19 A qualidade do projeto envolve processos específicos que são adotados antes da entrega dos produtos finais do projeto: planejamento, garantia e controle de qualidade.

9. Gerência de Aquisições

Antaq 2009 – Analista de Sistemas

65 Um sistema de triagem pode ser corretamente empregado em processos de gerenciamento de aquisições, mas não é recomendado para monitoramento e controle de riscos.

66 De acordo com o modelo PMBOK, auditorias são recomendadas em processos relacionados às disciplinas de gerenciamento de riscos, qualidade, aquisição e integração.

Inmetro 2009 – Processos de Negócio

54 O processo de seleção de fornecedores recebe cotações ou propostas e aplica critérios de avaliação para selecionar os fornecedores que sejam qualificados e aceitáveis.

55 Para minimizar os efeitos de decisões pessoais na seleção de fornecedores, utiliza-se um sistema de ponderação. Na maioria desses sistemas, são atribuídos pesos numéricos a cada um dos critérios de avaliação.

TCU 2009 – ACE Tecnologia da Informação

185 Na disciplina de gerenciamento de aquisições, o processo denominado planejar compras e aquisições depende da estrutura analítica de projetos em maior intensidade quando comparado aos demais processos. Nessa disciplina, também existem, entre outros, os processos: solicitar respostas de fornecedores; selecionar fornecedores; e planejar contratações.

»crosslinked«

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *