Resumo sobre Gateways

fonte: http://www.itnerante.com.br/profiles/blogs/resumo-sobre-gateways?xg_source=activity

Gateways  são elementos de interconexão entre redes diferentes.

Esse “diferentes” pode ser em qualquer das camadas dos modelos OSI (veja: http://claymore.engineer.gvsu.edu/~jackh/books/plcs/html/plcs-830.gif).

Porém, os gateways mais conhecidos por essa denominação estão na camada 5 (de transporte) e 7 de aplicação).

Gateways específicos (até a camada 3) conservam o nome do elemento de interconexão tradicional da respectiva camada: hub, switch, roteador… Por exemplo, um gateway muito conhecido é o Access Point, por interligar uma rede wireles à rede cabeada.

Então fica assim:
Switch Interligando ethernet com ethernet é gateway? Não!
Hub interligando Fibra com Etnhernet é gateway? É!
Roteador interligando tokenring com ethernet é gateway? É!

E o roteador interligando ethernet com ethernet é gateway? Quem falou que não é errou.
Esta é uma exceção a regra, pois, nesse contexto, a palavra Gateway assume outra acepção, ou seja, um simples porta de saída, mesmo que as tecnologias nas portas sejam iguais. Rááá´!

Como diria um professor meu… Existem várias interpretações para isso, mas só essa é a certa. 🙂

Agora, o que a banca pensou na hora de elaborar essa questão ão outros quinhentos…

[]´s

Walter Cunha
http://twitter.com/timasters

»crosslinked«

Walter Cunha

O professor Walter Cunha é pós-graduado em Gerência de Projetos pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e Engenheiro Eletrônico pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica ( ITA).

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *