Diário de Coaching IV – Encarando a Fera de Frente: Compilação de Edital

Bom, se você cumpriu o recomendado até aqui, então já deve ter escolhido o(s) seu(s) concurso(s) foco, enfim, você já sabe onde quer chegar. Agora, vamos tentar dimensionar o tamanho da “fera” que teremos que enfrentar no caminho. Temos, pelo menos, dois artefados que vão nos ajudar a dimensionar o Bicho-Papão: o Edital e a(s) Prova(s) anterior(es).

Conselho:

Se você sabe que existe um Bicho-Papão no meio do caminho, encare-o de frente o mais rápido possível, em vez de ficar se enganando no seu mundo mágico.

Vocês não tem idéia da quantidade concorrentes que chegam no dia da prova, sem nunca ter explorado (ou visto) um edital ou uma prova, dando origem a muitas situações que seriam engraçadas, se não fossem trágicas. Uma situação bem pitoresca foi apresentada no Post: História verídica: Tipos de Concurseiros.

Nesse post, vamos tratar sobre o:

Edital

Vá na Internet agora e pesquise logo o último edital do seu concurso. Uma boa fonte é o Questões de Concursos Publicos. O Edital é a regra do “jogo”, e você não pode jogar bem se não sabe as regras, concorda? Na exploração do Edital, você deve atentar PRINCIPALMENTE (mas não somente) para informações como:

  • Qual a banca desse concurso?

  • Quais disciplinas são cobradas?
  • A discursiva é exigida? Quantas linhas você terá que escrever?
  • Qual o peso (percentual) de cada disciplina?
  • Qual o ponto de corte geral e por disciplina?
  • Quais os critérios de desempate?
  • Quanto tempo durará a prova?
  • De que cor pode ser a caneta?
  • Outas…

Tenha em mente que sem essas informações não há como montar um estratégia efetiva de jogo.

Ainda quanto ao Edital, recomendo destrinchar a ementa de cada disciplina, separando-as por tópico, e colocando informações como:

Esse processo é batizado pelos concurseiros veteranos como “Compilação de Edital“. Para não ficar meio vago, do baú do WC, segue a minha Complilação do Edital do TCU de 2008:

Complilação TCU 200 (735)

Mais exemplos de compilações de Editais em: http://tinyurl.com/6jhyk37

Mas, Walter, quem me garante que vai ser perecido? Que a banca não vai mudar?

Ninguém! Mas é a nossa melhor aposta. Concorda? 🙂

E aí, Galera, o que você acharam da técnica de “Compilação de Edital”? Respondam nos comentários, por favor! 🙂

No próximo post desta série, falaremos sobre a Prova. Ok?

Bons Estudos!

WC

»crosslinked«

Walter Cunha

O professor Walter Cunha é pós-graduado em Gerência de Projetos pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e Engenheiro Eletrônico pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica ( ITA).

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. Eu disse:

    Muito bom, estava essa semana pensando em fazer exatamente isso, mas nao sabia como… Vlw WC !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *