Resenha – Prova do TSE/2011 – Analista Judiciário

Preparação
Foi no fim de 2010 que decidi entrar nessa celeuma de concurso público. Demorei anos pra despertar, mas, enfim, um dia aconteceu.
Como o passar do tempo, e, em especial, com as decepções ao longo do caminho, acabei sendo um pouco mais metódico. Nesse sentido, fiz uma planilha, a qual chamo carinhosamente de “controle de tempo”. A ideia é simples. Inicialmente eu anotava o tempo gasto em cada assunto e em cada aspecto da vida. Depois de saber exatamente em que consumia meus preciosos minutos, fui capaz de planejar. Uma vez que tenha planejado, fui capaz de estabelecer métricas e controles. Daí surgiram algumas escalas de maturidade. Uma delas, aliás, foi publicada aqui.
Uma vez que se tenha planejado…

»crosslinked«

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *