Perfis das Bancas Examinadoras (de TI) por Vitor Almeida

Fonte: http://br.groups.yahoo.com/group/timasters/message/173552

Principais bancas:

CESPE: são as famosas questões uma errada anula uma certa, via de regra não
são questões decoreba e o cara tem que pensar muito antes de chutar.
Principais concursos: agências, Câmara dos Deputados, TCU, BACEN.

FCC: fundação copia e cola, especialista em wikipedia, suas questões via de
regra são “não tem muito o que pensar”, ou sabe ou não sabe. Principais
concursos: Tribunais.

CESGRANRIO: pra mim a mais dificil, tem uma quantidade maior de questoes
mais dificeis do que as outras bancas. Tem que estudar muito! A prova
discursiva é composta de questões e existe um padrão de correção divulgado,
o que diminui a subjetividade da correção. Principais concursos: Petrobras
e afins, BNDES.

ESAF: questões que privilegiam quem estudou… são questões mais
equilibradas! Quanto à discursiva, tem q dar a sorte de não cair nas mãos
do examinador malvado. Principais concursos: APOTI-MPOG, CGU, STN, algumas
agências.

FGV: 70% de questões fáceis na prova…. comparam bastante com a FCC
(assim, na falta de questões da FGV, estuda-se por FCC). Especialista em
desorganização (vide página do último concurso do Senado:
http://www.fgv.br/fgvprojetos/concursos/senado11/). CORRA DA FGV!!!
Principais concursos: Céunado.

Daí, um bom “roadmap” para concurseiros seria: 

1. SERPRO, DATAPREV, ATI-MPOG e afins: muitas vagas e rotatividade alta,
remuneração de 3 até 6 mil reais. É o melhor caminho pra entrar na máquina
pública e vir pra Brasília e ter acesso aos cursinhos do momento.

2. Analista Judiciário: aqui a concorrência é bem mais alta, maioria das
provas com a FCC, remuneração de 6 mil, mas se trabalha 7 horas corridas e
tem muitos benefícios.

2,5. Agências, PREVIC: via de regra é cespe, remuneração de 9 mil.

3. Ciclo de Gestão (STN, CGU, BACEN, APOTI-MPOG etc.) e BNDES: maioria das
provas é da ESAF. 13 mil de remuneração

4. Legislativo (TCU, CD, SF): dos três, a prova mais fácil é a do Senado,
teremos outro concurso apenas em 2014 ou 2015.. se a vontade final é
senado, este é um bom momento pra começar! O limite da remuneração é o teto!

Tem dois tipos de concurseiro:

1. O que faz todo tipo de concurso… em média leva 2 anos pra começar a
passar (eu sou um deles)
2. O que foca num concurso e esquece do resto…

Se vc é do tipo 1 tem que ficar ligado em sites como o
http://www.pciconcursos.com.br/concursos/. O TRT 10 tá aberto! Pode se
inscrever e fazer uma fezinha!

Se é do tipo 2, mire no nivel 3 ou 4 e seja feliz (dizem que tá pra abrir
STN, BACEN, CD… é só escolher um — pra isso se precisa entrar na págiana
dos concursos anteriores e analisar o edital – e mandar bala).

»crosslinked«

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *