Minha estratégia para redações FCC (by Misael)

Fonte: http://br.groups.yahoo.com/group/timasters/message/186456

Pessoal,

Rendeu um 10!
Essa técnica do brainstorming eu aprendi com o Walter!
Lembra daquele aulão de discursiva técnica para a Dataprev em 2009 Walter?

http://waltercunha.com/blog/index.php/2009/01/06/aula-presencial-preparacao-para-discursivas-da-dataprev-0801/

um colega pediu para ver minha redação da FCC do TRT-PR 2010 e acabei
escrevendo minha estratégia para redações da FCC. Compartilho com vocês
esperando ser útil a alguém.

Abraços!

ESTRATÉGIA PARA REDAÇÕES FCC

Quanto à redação pra FCC é preciso atentar para o tema, procurar entendê-lo
bem, se possível fazendo um brainstorming rápido de palavras-chave e ideias
centrais. Geralmente é um tema abrangente como política, religião,
sociedade, justiça, etc. Por exemplo, no TRT-PR 2010 o tema era:

———————————————————-
Atente para o seguinte texto.

Há quem veja a religião como um templo de humildade, no qual o frágil ser
humano se curva ante a
vontade do Senhor; e há quem veja nela o máximo da ambição humana, que
estaria em nossa
identificação profunda com o poder de Deus. Também há quem veja a ciência
como profissão de
humildade: o homem busca entender o mundo em que vive; e há quem a
considere pretensiosa, em sua
escalada para dominar todas as forças do mundo natural.

Analise as afirmações do texto acima e posicione-se diante delas, redigindo
uma dissertação que você desenvolverá com clareza e coerência.
———————————————————-

Com as ideias que obteve do brainstorming, tente fazer um esqueleto básico
do texto. No caso acima, que fala sobre religião, eu fiz assim:

1. Introdução – comentário sobre o tema
2. Origem – fatos históricos importantes
3. Dias de hoje – relevância do tema atualmente
4. Opiniao – posicione-se acerca do tema, com embasamento e motivação
5. Conclusao – resumo das ideias

Quando você começa com esse esqueleto básico de ideias centrais fica mais
fácil desenvolver o tema.

Daí você passa para o rascunho, organizando as ideias em parágrafos,
fazendo comentários acerca de cada ideia e expondo sua opinião e
conhecimentos que você tem acerca de cada uma (geralmente os textos são
dissertativos-argumentativos).

A escolha das palavras deve ser feita cuidadosamente, evitando aquelas que
você não detenha pleno conhecimento do significado e adequação ao tema.
Quanto mais simples, melhor. Atente para a repetição de palavras,
procurando sinônimos quanto precisar repetir algo. Atentar para a pontução
é fundamental, prestando bastante atenção às vírgulas, em especial.

Daí veja a organização dos parágrafos, tornando-os coesos uns com os
outros. A coesão aqui diz respeito a forma como um parágrafo termina e o
outro começa. Deve ficar evidente a evolução do tema tratado, de modo que a
cada parágrafo você vai expondo fatos, ideias e opiniões acerca do tema.
Numere os parágrafos para facilitar. Eventualmente você poderá notar que é
melhor reordenar os parágrafos, e com a numeração fica mais fácil.

Conclua com uma ideia que resuma o seu entendimento do tema, não
necessariamente fechando em uma direção, mas deixando espaço para ampliar a
discussão.

O resultado foi o texto abaixo:

———————————————————-
A religião é um tema bastante controverso, sendo uma questão geradora de
muitos conflitos. Analisando a História, nota-se a sua importância, através
de muitos acontecimentos que, se não foram causados por ela, sofreram
grande influência religiosa, como as cruzadas, a diáspora do povo judeu,
migração de europeus pelo “Novo Mundo”, dentre outros de grande relevância.

Após ter sido fortemente contestada e condenada por movimentos que pregavam
a supremacia da razão sobre a fé, como o Iluminismo e o Modernismo, a
religião ainda é hoje bastante presente e difundida em todas as sociedades
e culturas.

Entretanto, na sociedade pós-moderna atual, o que não se admite e deve ser
condenado é o radicalismo, a convicção plena de que se detém única e
inteiramente uma verdade, superior a qualquer outra crença. Cada pessoa tem
o direito de pensar e acreditar da forma que quiser, devendo, no entanto,
respeitar o pensamento contrário ou divergente.

A tentativa de imposição de ideias, seja pela força ou abuso de poder
(econômico, social, etc) como a que ocorreu entre os padres catequistas e
os índios na colonização do Brasil ou em guerras “santas” como a “Jihad”
islâmica, são altamente condenáveis.

O diálogo e o respeito mútuo é na verdade o que deve imperar. O ser humano
tem inerente em si a busca pelo espiritual, um vazio interno que todos
tentam preencher, seja com a religião, com a ciência, ou qualquer outra
coisa que traga sentido e significado para a vida.
———————————————————-

Para treinar, siga a estratégia acima com os temas passados da FCC abaixo.
Sua redação deve ter no mínimo 20 e no máximo 30 linhas.

———————————————————-
TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 12a REGIÃO – 2010

Um grande poeta brasileiro já disse, dando eco às convicções dos sábios
estoicos da
Antiguidade, que cada um de nós deve ser como as águas de um rio tranquilo,
que tanto sabem
refletir as estrelas do céu, que o iluminam, como as nuvens de chumbo, que
o encobrem. A
aceitação das diferenças é sempre generosa.

Reflita sobre o texto acima e redija uma dissertação, posicionando-se
diante dele e argumentando de forma clara e
objetiva.

———————————————————-
TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4a REGIÃO – 2011

Cientistas sociais dos EUA chegaram a algumas conclusões sobre como as
pessoas reagem em situações de catástrofes e
emergências naquele país. A primeira delas é que, ao contrário do que
sugere o senso comum, vítimas costumam reagir com
racionalidade aos acontecimentos. Pânico contagiante, fuga em massa,
saques, ainda que possam ocorrer de forma
esporádica, constituem o que autores como Enrico Quarantelli e Henry Fisher
chamam de “mitolologia do desastre”.
Emergências, dizem, tendem a despertar o altruísmo das pessoas, não o lobo
que existe dentro de cada um de nós.

(Adap. de Hélio Schwartsman. Folha de S.Paulo. Opinião. sábado, 15 de
janeiro de 2011, p. 2)

Redija uma dissertação acerca do papel da mídia na criação e perpetuação de
mitos. Utilize argumentos que revelem
coerência e espírito crítico no tratamento do tema.

———————————————————-
TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 22a REGIÃO – 2010

Um filósofo alemão já lembrou, para ilustrar uma teoria sua, que as
propriedades de um círculo de 1 milímetro de
diâmetro são as mesmas de um círculo de 100 metros de diâmetro. Essa
constatação não deveria sair da cabeça dos juristas,
quando da aplicação da lei a pessoas de diferentes classes.

Redija uma dissertação, com coerência e clareza, acerca do tema discutido
no texto acima.

»crosslinked«

cafarnaum

Analista de Finanças e Controle da Controladoria-Geral da União - especialidade de Tecnologia da Informação (AFC/CGU-TI). Pós-graduado em Gerência de Projetos pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Engenheiro Eletrônico pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). Professor de Cursos Presenciais e Telepresencias pelo Brasil (sediado em BSB). Criador/Moderador do Blog TI & Informática para Concursos Públicos, da Rede Social ITnerante e da lista Timasters, todos com foco em Tecnologia da Informação para Concursos.

Você pode gostar...

4 Resultados

  1. Pricila disse:

    olá, você poderia publicar o espelho da redação?

    muito obrigada.

  2. Gilson Correia disse:

    Misael,

    compartilho com Carlos Lima sobre as dúvidas dos tópicos: Religião e ciência. Gostaria que me enviasse um comentário e a nota. Grato!

  3. Carlos Lima disse:

    Caro Misael,

    Eu fiquei com uma dúvida em relação ao seu texto escrito para o tema da redação do TRT-PR 2010. O tema fala de dois “conflitos” existentes internamente, tanto na religião como na ciência. O que percebi é que você não falou praticamente nada de ciência no seu texto. Gostaria de saber qual foi a sua nota nessa redação.

    Eu fiquei confuso porque quando vou fazer uma redação tento abordar cada coisa que está sendo pedido.

    Agradeço desde já.

  4. André disse:

    Gostei….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *