Próximo Concurso do Bacen e a Tragédia Restart Anunciada

PFSCaros Colegas,

Tudo bem? Lá vou eu para mais um post polêmico.

É sobre a Daniela Mercury ou sobre o Feliciano?

Não! Antes fossse… Na verdade, esse post é sobre uma daquelas coisas que o concurseiro não quer ouvir. 🙂

Como vocês devem imaginar, tenho vários amigos no Bacen, portanto, não escutei apenas de uma fonte que o Bacen pretende que o próximo concurso seja regionalizado.

– Ótimo, Walter! E isso por acaso é motivo de polêmica? 

Não para você que ainda que entrar. Contudo, a polêmica vem do fato de que uma entidade pública no intuito de tentar resolver um problema acaba criando outro maior ainda, e quem paga o pato, normalmente, são os próprios concurseirsos.

– Fala logo, Walter! Já estou ficando tenso…

Quem lembra do que aconteceu com o último concurso do MPU? Foi a mesma coisa! Anúncio de que o concurso seria regionalizado para a euforia geral daqueles que não querem sair de sua cidade. Lembro que à época, quase fui apedrejado ao falar que ia dar m…

Walter, mas como pode dar m… uma coisa maravilhosa dessas?

Justamente por isso, porque é maravilhoso demais para que possamos parar para pensar na armadilha. Ora, pessoal, vamos pegar o exemplo de minha querida Fortaleza. Quem não que ir pra lá? Quantos cabeçudos não estão na fila de remoção? Vocês acham mesmo que um novato vai ter precedência sobre um servidor da casa?

– Claro que sim, Walter. Afinal o Edital é Lei dos Concursos!

Primeiro, Edital nunca foi Lei, strictu sensu, mas sim um instrumento infralegal. Tampouco, transveste-se de cláusula pétrea , como alguns querem dar a entender. Pessoal, o Edital pode sair equivocado, se o pensamento do agente administrativo for equivocado, e, portanto, pode ser atacado via remédios Constitucionais. Foi justamente o que aconteceu no MPU.

Ora, se a CGU tentasse fazer isso, na verdade, eu iria adorar! Raciocinem comigo… O servidor não pode forçar sua remoção porque, normalmente, ele não pode prova que há  interesse público para isso, uma vez que ele ficaria sempre sujeito ao argumento da conveniência administrativa. Agora, o que aconteceria se a CGU nomeasse um novato nesse hipotético concursos para Fortaleza? É isso mesmo! A própria manifestação oficial da vaga! Legal? Portanto, eu já estaria com meu mandado de segurança engatilhado e minha mala já pronta pra ir para o Marcão das Ostras! 🙂

Walter, agora realmente você me estressou ao tentar furar meu Balão! Você é alguma referência em Direito para dar esse tipo de interpretação?

Eu não cursei Direito, mas também estou longe de ser um analfabeto funcional. E, apesar de eu não concordar com essa ditadura da Hermenêutica que impera hoje no Brasil, segundo a qual só quem tem OAB é que pode interpretar a Legislação, vou me valer de uma grande referência das Áreas de Concursos e de Direito, Rogério Neiva,  cujo foi o gatilho para este este post. Segue a referência:

Tuctor (@tuctor) tweetou às 0:00 PM on dom, abr 14, 2013:
Candidato Aprovado Que Chega não Senta na Janela! http://t.co/ULVZr9AZ1M
(https://twitter.com/tuctor/status/323450715773231107) Adquira o aplicativo oficial do Twitter em https://twitter.com/download

– Táqueospareos, WC! Era melhor eu não saber. E agora?

Agora, Inês é morta! A não ser que o Bacen, como exemplo de Entidade Governametal, revise sua postura em regionalizar o Concurso. Ou que, pelo menos, só ofereça vagas para onde de fato não houver servidores internos interessados. Senão, corremos sério risco de ter uma pegadinha do MPU, concurso que tem sobrecarregado a justiça até hoje com chuva de liminares e mandados de segurança.

Ao contrário do que aconteceu no passado, eu só vou emitir apenas esse aviso e por meio desse posts. Aqueles que estão focando em capitais atrativas estejam avisados que correrão um risco muito grande de não serem nomeados, mesmo que sejam os primeiros da lista, caso existam servidores internos na fila de remoção, é claro.

Walter, e o que tem o Restart a ver com tudo isso?

Pensei que não iam perguntar! 🙂

Tem a ver com o fato de que toda tragédia anunciada me lembra o antológico show do restart cancelado e o chorôrô depois. Para que vocês entendam, segue abaixo as imagens e Bons Estudos!

WC

»crosslinked«

cafarnaum

Analista de Finanças e Controle da Controladoria-Geral da União - especialidade de Tecnologia da Informação (AFC/CGU-TI). Pós-graduado em Gerência de Projetos pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Engenheiro Eletrônico pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). Professor de Cursos Presenciais e Telepresencias pelo Brasil (sediado em BSB). Criador/Moderador do Blog TI & Informática para Concursos Públicos, da Rede Social ITnerante e da lista Timasters, todos com foco em Tecnologia da Informação para Concursos.

Você pode gostar...

2 Resultados

  1. Junio disse:

    hauahauha, a piadinha foi boa!!

  2. Gean Carlo Vila Lobus disse:

    Chinguem muito no Twitter agora ! hahaha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *