Nome: Hério Thiago César Sampaio de Oliveira
Órgão/Cargo: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada-IPEA/Analista de Sistemas
Ano de Aprovação: 2009
Lotação: Brasília-DF

Breve histórico de concurseiro:
Me formei na Universidade Federal de Campina Grande – UFCG, no ano de 2005. Vim para Brasília no mesmo ano para trabalhar no setor privado.

Em 2006 comecei a estudar para concurso, me matriculei num pacotão com todas as disciplinas para o concurso da Câmara dos Deputados, só depois, quando estava cursando é que eu vi que tinha tomado a decisão errada,
tinha aula todos os dias e ficava sem tempo para o principal: estudar. Nessa época eu pensava que ir pro cursinho, ler a apostila e ouvir a explicação do professor era o suficiente para passar, o resultado foi um desastre, não consegui ir bem em quase nenhum dos concursos que eu fiz, mas fui aprovado em 3: Dataprev/2006, BNB/2006, Confea/2007.

Como trabalhava no setor privado, numa área onde tinha muitas cobranças e como eu passava boa parte do meu tempo fazendo hora-extra, acabei deixando um pouco de lado os estudos pra concurso, até que em 2008 mudei de emprego e fui trabalhar como Consultor para um órgão não governamental, só a partir daí consegui tempo pra organizar meus estudos de forma correta e me dedicar a eles.

No primeiro concurso que fiz após o novo emprego fui reprovado por 0,05 na prova discursiva do STF/2008, em seguida fiz TCU/2009 e consegui ser aprovado fora do número de vagas, fiquei em nono e eram cinco vagas. Fiz também o concurso da STN e fui reprovado por 1 ponto, o último aprovado fez 101 pontos enquanto eu tinha feito 100 pontos.

Depois dessas traves, consegui corrigir algumas das falhas que tive nos concursos anteriores e fui aprovado na maioria dos concursos que eu fiz: Serpro/2008, Hemobras/2008, Ipea/2008, MEC/2009, Antaq/2009 e BNDES/2009. Apesar dessas aprovações fui reprovado no concurso do TCU/2009 por 4 pontos, fato esse que ainda me leva a continuar na luta dos concursos.

Nesse ano fiz o concurso do Bacen/2010 e apesar de ter feito um prova de TI não muito boa, consegui ficar classificado nas vagas do resultado preliminar do concurso. Caso consiga ficar dentro das vagas no resultado definitivo e caso seja convocado, irei mudar novamente de órgão.

Atividade Diária:
Trabalho com a gerência da Divisão de Sistemas do órgão e ajudo na organização/planejamento e definição das soluções que serão construídas para atender as demandas passadas pela área usuária, repassando as atividades de codificação para o pessoal terceirizado.

O ambiente é excelente, o pessoal é tranquilo, não tem stress, nem nada crítico que cause alguma pressão na equipe, mas existe um certo desânimo com relação a carreira, pois uma nova lei separou os cargos do Ipea e agora existe um esquema onde temos 2 tipos de cargos: integrantes da carreira e não integrantes da carreira do Ipea, o cargo de Analista de Sistemas acabou ficando de fora da carreira, o que causou muito desânimo na equipe.

Áreas de Atuação:
Atuamos no Desenvolvimento e manutenção de sistemas, mas fazemos só o controle,gerência e auxílio na definição das soluções das demandas, quem executa codificação é a equipe terceirizada.

Principais Projetos em Andamento:
Ipeadata – http://www.ipeadata.gov.br, é um sistema que contém informações sobre séries macroeconômicas, regionais e sociais, que auxiliam economistas na análise econômica do país.

Possibilidade Viagens:
Como o Ipea está presente no Rio de Janeiro, às vezes a gente tem que viajar pra auxiliar a equipe de lá com os sistemas que são utilizados pelo Ipea.

Atualização:
O órgão sempre incentiva para que façamos novos cursos, podemos sugerir novos cursos e se preciso o Ipea autoriza e paga cursos fora de Brasília. Com relação ao Mestrado/Doutorado, existe um procedimento padrão que temos que seguir para solicitar afastamento, é uma decisão que depende das necessidades do órgão.

Dicas para Aprovação:
Acho que não tem fórmula mágica, você tem que sentar e estudar mesmo, não tem segredo, quanto mais melhor, mas você tem que ter em mente uma coisa: O cérebro precisa revisar periodicamente tudo que for aprendido, senão você simplesmente vai esquecer tudo que estudou, portanto você tem que desenvolver um esquema pra revisar rapidamente o que você viu nas últimas semanas, senão não vai adiantar de nada ter estudado. Eu utilizo um esquema com Mapas Mentais, mas cada um deve ver um mecanismo que seja melhor pra si mesmo.

Bibliografia Utilizada:
Os principais são:
Navathe – Bando de Dados
Tanenbaum e Comer – Redes
Rita Mulcahy – Pmbok
Material Oficial – Itil
Material Oficial – Cobit
PressmanEngenharia de Software
Stallings e NakamuraSegurança da Informação
DeitelSistemas Operacionais
Kathy Sierra – Java

Próximos Concursos:
TCU/2010.

Mensagem de Incentivo aos candidatos:
Pra mim, trabalhar no setor público me deu uma qualidade de vida superior ao stress que vivia quando trabalhava no setor privado, trabalhei em várias fábricas de software em Brasília e além das constantes cobranças e horas-extras tinha sempre o perigo de ficar sem emprego nas renovações de contratos. Aqui no Ipea além de ter a oportunidade de dar minha contribuição pra estruturar a área de TI desse órgão, a estabilidade e um ambiente de trabalho bem mais leve do que aqueles por onde passei são um diferencial imenso, que vale a pena ser buscado.

[]´s

»crosslinked«

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *